Os uruguaios convivem com uma expectativa acentuada na possibilidade de um avanço no comércio do Mercosul com a China.

A edição de sexta-feira do jornal El País de Montevidéu publicou uma matéria originada em Beijing que diz respeito às importações de produtos primários que a China deve promover no futuro.

Segundo o jornal, o estudo denominado Impactos Setoriales en Uruguay de la firma de un tratado de libre comercio entre el Mercosul y China, foi elaborado pelo economista Sebastian Torres e ele acredita em expansão das exportações uruguaias de arroz, carnes, couros, lã, lácteos, pasta de celulose e soja.

A melhora na corrente de comércio ocorreria se as barreiras fossem abandonadas pelo Mercosu.   Tabaré Vázquez parece estar de acordo; Mauricio Macri e Michel Temer, provavelmente, não.

Leia a matéria completa do jornal El Pais de Montevidéu no endereço

http://www.elpais.com.uy/economia/noticias/acercamiento-china-generaria-salto-calidad.html

FOTO ABAIXO: Rua Reachuelo quase esquina da Biblioteca Pública, Centro Histórico de Porto Alegre, maio 2015

IMG_3340

Uruguai, um Tratado de Livre Comércio Mercosul – China

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »