VERÃO

Agora são 07h30 em Porto Alegre, Brasil.  A temperatura atual é de 24 graus, a umidade é de 79% e há vento soprando de 10 km/h.  Ontem ameaçou muita chuva em Porto Alegre no início da noite, o vento foi muito intenso, nuvens escuras, mas ao final não choveu. 

Hoje o site do Climatempo prevê um dia de “Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite”.  A temperatura máxima vai aos 34 graus.  Para amanhã, a previsão é de “Sol com algumas nuvens. Chove rápido durante o dia e à noite”.  O tempo deve oscilar entre 24 e 33 graus.  

INTERNACIONAL

Hoje é o dia do divórcio do Reino Unido com a União Europeia.  Uma data muito aguardada, mas ao mesmo tempo muito temida.  Se Theresa May obtiver os 320 votos necessários, o Parlamento estará declarando que o Brexit está aprovado.  Um início do fim?

Daí haverá um outro Reino Unido a partir do dia 29 de março.   Solto das amarras da União Europeia, o governo britânico vai poder avaliar o tamanho do erro que cometeu.  Tudo porque o governo de Bruxelas endureceu na hora da negociação e Theresa ficou falando sozinha.  Aliás, sozinha, não, Donald Trump a ouve com muita convicção.

Não bastasse a verdadeira gincana a que esteve submetida aquela caravana da América Central que rumou para os Estados Unidos, hoje está tomando forma uma segunda caravana para repetir o feito da experiência anterior. 

Dessa vez a turma é menor.  Bem, é preciso lembrar que na caravana anterior o grupo foi crescendo à medida que ia passando por outras cidades da região.  Agora, a metade partiu de ônibus e a outra metade a pé.  Até chegar à fronteira com os EUA há um percurso de quatro mil quilômetros, que, sabe lá, os obstáculos que o novo grupo vai enfrentar. 

Emerge uma nova agenda climática nos Estados Unidos?  Donald Trump deu as costas a tudo o que estava acordado entre os seus antecessores e os antigos parceiros.  Hoje se fala em migrar para um outro perfil energético.  Haveria possibilidade de sustentar uma mudança para um cenário baseado apenas em energia renovável em uma dúzia de anos?

Na China, de acordo com a edição dessa terça-feira da revista Beijing Review, o primeiro ministro Li Keqiang realizou um pronunciamento na sessão plenária do State Council, que tinha como ordem do dia o debate de uma versão em rascunho do Relatório de Atividades do Governo para o primeiro trimestre de 2019.

Na oportunidade, Li deixou claro que o momento é muito complicado.  O ambiente de desenvolvimento convive com desafios para alcançar o crescimento esperado. Há pressões sobre o desempenho da economia que implicarão esforço das autoridades para levar adiante a tarefa árdua do governo.    

Acesso ao site do INDEC, na Argentina, porque hoje será divulgada a inflação de dezembro e, consequentemente, do ano como um todo.  Chegando lá, eu percebo que a informação ainda não foi divulgada.  Contudo, há outros dados estatísticos que vale a pena repassar ao leitor do blog.

A utilização da capacidade industrial da Indústria argentina encontra-se no patamar de 63,35% em novembro de 2018, contra 69,2% em novembro de 2017.   Um tombo expressivo!

Duro também é verificar que o PIB da Argentina recuou 3,5% do terceiro trimestre de 2017 para o terceiro trimestre de 2018.  E isso que Macri está convivendo com um acordo de standby de US$ 57,1 bilhões com o FMI.  E, além disso, foi prestigiado recebendo, recentemente, em primeiro de dezembro, o Grupo dos 20 em Buenos Aires.

Saiu o índice de preços de dezembro na Argentina. O INDEC publicou que houve um incremento de 2,6% de novembro para dezembro do corrente ano.

Com essa informação a inflação da Argentina alcançou o maior patamar em 27 anos e chegou a 47,6% ao ano.  Complicou a gestão de Maurício Macri.  Se o presidente não consegue êxito no processo de estabilização, como fará o país crescer? 

Saiu a decisão do parlamento do Reino Unido.  Theresa perdeu de goleada.  O Brexit foi rechaçado por 432 a 202.  E, ainda por cima, ficará submetida a um processo de moção de censura. 

Muito bom para o Reino Unido.  Muito bom para a Europa.  É preciso agir rapidamente para não criar expectativas adversas para a gestão do bloco.

POLÍTICA 

Promessa de campanha, decisão de governo.  O polêmico decreto do governo que facilita a posse de armas foi assinado por Bolsonaro nessa manhã em Brasília. 

Eu, particularmente, acredito que tudo o que o Brasil não precisa nesse momento é mais armas.  Mais livros, sim; mais armas, não. 

Disseminar o uso de armas de fogo em um país surfando numa onda de violência, certamente que a história do futuro registrará episódios lamentáveis a contabilizar. 

Tomara que Jair não tenha configurado um upgrade no mercado de armas do país e que venha a resultar em violência redobrada.   Jogadas as penas ao vento, não se reúnem as penas jamais.   Um equívoco, presidente!

ECONOMIA 

!!!!!

Em quanto tempo as fintechs começarão a ocupar, com intensidade maior, o território das unidades bancárias?

Finanças e tecnologia dentro de uma startup emergem, dentro de algum tempo, como a “uberização” dos intermediários financeiros?   

De quanto tempo é esse tempo?   

E de quanto será o tamanho do futuro dos negócios para as unidades bancárias?

!!!!!

ESPORTES 

Na Copa São Paulo o Internacional fez feio.  É isso mesmo, levou uma goleada de cinco a zero do Guarani de Campinas e já retornou a Porto Alegre.  Uma vergonha para quem sempre representou dignamente o RS em competições anteriores.  Eu assisti o jogo.  Toda a bola que ia ao gol do Inter, entrava. 

O Grêmio passou de fase.  Venceu ao CSA de Alagoas por dois a zero. Volta a campo amanhã, às 17h15, para enfrentar o Osasco Audax.  Dessa vez, já é jogo pelas oitavas de final da Copinha.   

Assisti a entrevista de Andy Murray na televisão.  Explicou que sofre com uma dor no quadril há vinte meses.  Chorou na frente da tela da televisão.  Jogou uma partida contra Roberto Bautist  que durou quatro horas em Melbourne

Bom dia leitor do blog!

FOTO ABAIXO: Avenida Farrapos, proximidades do Aeroporto Salgado Filho, Porto Alegre, domingo, 14.01.2019, 17h00

BRASIL, bom dia leitor do blog em 15.01.2019

Deixe uma resposta