Porto Alegre, 17 de fevereiro de 2019

VERÃO

1

São 08h00 em Porto Alegre, Brasil.  Terminou o horário de verão.  Uns o apreciam, outros, não.  Eu estou entre os últimos.  Eu vivo em função do fuso horário.  Os meus leitores de destino em outros países mantém as suas rotinas.  É impossível que eu mude a minha rotina de um dia para o outro.  E é isso que acontece com o horário de verão.

2

Ontem, no jornal da noite, especialistas afirmaram que já não há muitos benefícios para o consumo de energia como acontecia no passado.  Tudo porque os aparelhos de ar condicionado estão ligado na metade da tarde, Brasil afora.

3

O site do Climatempo está a mostrar que a temperatura atual é de 22 graus, a umidade relativa do ar é de 70% e há vento soprando de 19 km/h.  O domingo será um dia de sol com nuvens, mas sem chuva.  A temperatura local oscilará entre os 20 e os 30 graus.  À essa altura já da para perceber que o calor virá em breve.  Ele deu uma folga aos gaúchos nos últimos dias.

4

Para amanhã o site do climatempo projeta uma segunda-feira com “Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite”.  A temperatura oscilará entre os 19 e os 32 graus.  É isso aí.  Hoje a máxima vai a 30 graus, amanhã a 32 graus e depois? Mais calor, é a época.  Uma breve pausa para preparar o chimarrão.  Vai começar o programa Globo Rural.  Eu gravo o programa há muitos anos. É uma peça importante da engrenagem da televisão brasileira para os analistas econômicos onde eu me incluo.  Eu aprendo muito nessa hora de programação.     

INTERNACIONAL

1

A edição eletrônica do New York Times desse domingo abre com uma matéria sobre o plástico.  A propósito, o meu dia começa com uma recorrida por jornais que eu considero importantes mundo afora. O NYT é o primeiro que eu acesso diariamente.

A matéria diz algo mais ou menos assim: você é viciado em plástico.  Você pode saber a verdade crua e nua?   O conteúdo tem dois subtítulos. 

O primeiro diz respeito à promessa de estilo de vida que se propaga entre os consumidores de considerar o plástico como um hábito de droga que deve ser descartado.

O segundo se refere ao fato de que para viver no mundo moderno sem o plástico, embora seja um objetivo nobre, não é atualmente possível. 

2

As forças do Estado Islâmico do Iraque e da Síria (EIIS) parece que estão vivenciando um período de profundo desgaste.  As últimas informações divulgadas pela mídia internacional dizem que o califado pode ser derrotado em prazo extremamente reduzido. 

Segundo o noticiário dessa manhã, a franja de terra que o EIIS mantinha na fronteira da Síria ficou reduzida a um espaço de apenas setecentos metros quadrados. 

3

O fim de semana fechou com o euro cotado em US$ 1,14, um sinal que a fragilidade da moeda europeia está a preocupar analistas e investidores.  Há muitos meses que a moeda única não se mostrava tão fraca.  

POLÍTICA

1

Tudo me leva a acreditar que o ministro Gustavo Bebianno não prosseguirá no cargo a partir de amanhã.  É o que ouço na televisão nesse domingo.  É duro ter que trocar uma peça importante do time no início do jogo, mas o que o 01 pode fazer? 

Eu creio que o 01 deve contar com alguém, no primeiro escalão, filtrando a gestão como um todo e tocando a sirene sempre que houver ameaça no horizonte. 

2

Sérgio Moro teve muito destaque nas primeiras semanas do governo.  Lançou medidas importantes, as lideranças das facções foram deslocadas para presídios de segurança máxima, mas agora ele precisa dispor de um termômetro, um barômetro, que vá mostrando como a violência e a criminalidade estão se comportando no dia a dia. 

É fundamental que ele monitore o contexto social e apresente medidas pontuais onde houver agravamento da conjuntura social e utilizar de uma política adequada aos casos extremos, principalmente como os acontecimentos no Rio de Janeiro, no Ceará e em outros pontos importantes do Brasil urbano.

É preciso transparência na gestão do curto prazo.  A pasta conta com recursos necessários para atingir os objetivos do governo? Quais as metas do ministério para o exercício de 2019?  Onde os recursos da pastas estão sendo gastos?  

ECONOMIA 

1

Ontem eu escrevi sobre o contexto em torno da reforma previdenciária.  Alguma coisa como o alcance e a limitação de uma reforma dessa natureza.

Eu lembro de ter redigido um parágrafo associando o fato que os jovens trabalhadores de hoje são os responsáveis pelo pagamento dos velhos aposentados de ontem.  Essa é a lógica da engrenagem da origem e do destino dos recursos. 

2

Eu creio que anteontem eu ouvi uma entrevista do presidente Bolsonaro no rádio em que ele disse que a reforma precisava ser aprovada para evitar que a previdência alcançasse um ponto limite em torno de 2021-22.

E disse mais, que era preciso estar atento à necessidade de superar a estagnação para que jovens trabalhadores de hoje participem da engrenagem identificada acima.    

3

Hoje eu tomei conhecimento dessa engrenagem na Espanha.  Há uma nota no jornal El Economista sobre um estudo do BBVA.  O que diz a nota?  Em 2050 a previdência espanhola precisará contar com 28,5 milhões de contribuintes para viabilizar o pagamento de 15 milhões de aposentados.

Essa “engrenagem” exigirá que o número de contribuintes seja 10 milhões a mais dos que estão participando do sistema previdenciário em 2019 para honrar os compromissos em 2050.

Eu puxei essa observação do título INTERNACIONAL para o título ECONOMIA porque eu acredito que facilita a compreensão do leitor para a importância de uma reforma tributária que o Brasil pretende por em prática em algum momento no futuro próximo. 

ESPORTES

1

Ontem o Barcelona venceu o Real Valladolid por um a zero.  Notei a ausência do Arthur, ex-Grêmio, cujo desempenho tem sido muito elogiado pela imprensa espanhola.  Mais tarde eu ouvi a informação que ele não jogou porque está contundido.

2

Hoje tem Vasco versus Fluminense, às 17h00, por conta do final da Taça Guanabara.  Em São Paulo há o clássico Corinthians versus São Paulo, às 19h00, um desafio gigantesco que pode mostrar um destino para a equipe do Morumbi.  Parece que nada dá certo por lá.

3

Aqui na Província, é a hora de confirmar o desempenho do Grêmio.  Um jogo em Pelotas, e ainda mais no Bento Freitas, é sempre uma tarefa difícil.  Ainda mais que o Renato está realizando o curso na CBF.

O Internacional também tem um osso duro de roer.  O Caxias é uma boa equipe, mas no Beira Rio eu não sei se tem condições de manter um bom desempenho.  A hora do colorado se reafirmar é agora. O jogo é mais tarde, às 19h00.   

ENTRETENIMENTO

1

O domingo é dia de eu gravar dois programas importantíssimos na CNN.  Os dois vão ao ar nesse horário de 11h00 até às 14h00, com um outro programa entre os dois.  Hoje com o fim do horário de verão é preciso ajustar a agenda. 

2

O primeiro programa tem como título State of the Union, que tem como âncora o jornalista Jake Tapper, 49 anos, autor, cartunista e correspondente chefe da CNN em Washington.  É um choque de informações em 60 minutos.

3

Depois, vem o programa com o jornalista Fareed Zakaria, 55 anos, repórter, ensaísta, economista, doutor em ciência política e muitos atributos a mais. Ele é o âncora do programa Global Public Square (GPS). 

Ele recebe convidados extremamente qualificados e consegue realizar um debate em torno de uma mesa, com quatro participantes, em apenas dez minutos de duração.  Como diz a minha neta 03, a Laura, é um absurdo vô! Eventualmente quando eu a busco no colégio e eu conto algo que ela discorde ela recorre ao “isso é um absurdo, vô”. É isso aí. 

4

É difícil de imaginar que Fareed Zakaria apresente uma matéria, ouça os quatro convidados do programa e que, no conjunto, o conteúdo vá ao ar em apenas dez minutos, ou algo em torno disso.   É bem verdade que o trabalho de edição permite tal resultado, mas, mesmo assim, em dez minutos apresentar tamanho rendimento? 

E, há, ainda mais 50 minutos a rodar com outros assuntos, outros convidados, não menos importantes.    Em suma o GPS é uma aula de política internacional que eu tenho a felicidade de acompanhar todo o fim de semana.

5  

O canal Band News apresentou hoje, pela manhã, um especial Ricardo Boechat: uma revolução no rádio.  Não deixe de assistir o Especial BandNews!  Uma perda irreparável para o jornalismo brasileiro e para todos que estão sintonizados com o Brasil que está aí!

Bom dia leitor do blog e um bom domingo!

FOTO ABAIXO:  Restaurante Panquecas, rua Duque de Caxias, Centro Histórico de Porto Alegre, fevereiro de 2019

 

BRASIL, bom dia leitor do blog em 17.02.2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »