Porto Alegre, 18 de junho de 2019

 Horário oficial do beco da Rua General João Manoel, 18h10, 25 graus, pancadas de chuva à noite (Climatempo)loja virtual

O Brasil vai para a OTAN.  Foi o que eu ouvi o presidente dizer na televisão.  Anteriormente, quando ele visitou Donald Trump, ele afirmou que o Brasil iria para a OCDE.   

Na semana passada, o presidente mandou o general Santos Cruz para casa.  Foi o terceiro ministro que tomou idêntico rumo em período inferior a um semestre de governo. 

Nesse fim de semana, em um único lance só, Bolsonaro encontrou uma forma de mandar mais dois para casa, os economistas Joaquim Levy e Marcos Barbosa Pinto.

Preocupa-me que o presidente esteja chegando ao final do primeiro semestre, pleiteando iniciativas em âmbito internacional de grande impacto e mudando equipe no âmbito interno sem que o governo tenha apresentado uma estratégia para fazer com que a economia migre da estagnação para a retomada.  

Até agora, o foco do governo tem se concentrado na criação da Nova Previdência.  Eu escrevi em post anterior que há uma distância entre a proposta original de Paulo Guedes e aquela, desidratada, que vem sendo defendida pelo deputado Samuel Moreira (PSDB/SP).

Eu lembro de ter lido que o ministro Paulo Guedes demonstrou a sua insatisfação com relação à distância entre o conteúdo que ele propôs e aquela reforma que está em discussão no Legislativo.   

Hoje eu passei todo o dia acompanhando os debates na Comissão Especial da Câmara sobre o parecer do relator Samuel Moreira a propósito da Nova Previdência.   Eu pretendo escrever um post sobre o que vi e assimilei durante essa quarta-feira

Os números da economia tem mostrado que o PIB deve registrar um crescimento do PIB de, apenas, 1,24% no corrente ano.  Tendo em vista que as expectativas dos executivos do setor financeiro estão caindo nos últimos três meses, é provável que a tendência de queda se mantenha à frente. 

Sem medidas concretas para retomar o desempenho da economia brasileira, a conjuntura atual se mantém com um nível de incerteza muito elevado. 

No que diz respeito à estabilidade econômica atual, a previsão do IPCA é de uma taxa de 4,07% para o corrente ano.   Se a economia não reage em torno de crescimento e emprego, é verdade que a inflação está sob controle e se mantém abaixo da meta oficial. 

Crescimento em standby e inflação controlada não impedem que a confiança dos empresários da indústria tenha melhorado em junho.  De acordo com pesquisas da Confederação Nacional da Indústria (CNI), depois de quatro meses de quedas consecutivas, o ICI avançou em 0,4% e alcançou o patamar de 56,9 pontos no mês de junho.    

Recomendo aos leitores do blog que amanhã, pela manhã, acompanhem a audiência na Comissão de Constituição e Justiça do Senado que tratará da divulgação das mensagens do site The Intercept Brasil.  Está assegurada a presença do ministro da Justiça Sergio Moro no evento.

FOTO ABAIXO: Galeria Lamberts, entre Voluntários da Pátria e Julio de Castilhos, Porto Alegre, junho de 2019

BRASILIA, distante de todos, post 18, em 18.06.2019, conjuntura recente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *