Porto Alegre, 07 de outubro de 2019

Horário oficial do beco da rua General João Manoel, 06h10, 21 graus, dia ensolarado e sem chuva

Leio a edição de domingo de o Estadão e vejo que Bolsonaro está na capa.  Normalmente eu não escrevo sobre o Presidente porque as suas manifestações dizem muito pouco sobre o que eu escrevo. 

No blog eu analiso o crescimento da economia, a estabilidade de preços e os cenários econômicos.  São esses os meus três objetivos ao elaborar os posts. 

Daí, inclusive, eu ter colocado na página da abertura que o leitor vai encontrar aqui textos relacionados ao desempenho, à estabilidade e aos cenários econômicos.

Pois, ontem, o Presidente Jair Bolsonaro falou sobre Economia.   

Na capa do jornal há uma manchete que diz que “A economia é 100% com o Guedes e não tem plano B”. 

Tendo em vista que eu me esforço, mas não consigo identificar um plano A, eu paro por aqui.

Eu vejo Paulo Guedes falar na reforma trabalhista do ex-Presidente Michel Temer, na reforma previdenciária desidratada na Câmara dos Deputados, sob a presidência de Rodrigo Maia, e na reforma tributária que ele ainda não enviou para o Congresso. 

Eu lembro, também, do inicio do ano quando ele falava em terminar com o lobby da Indústria.  A Lei da Liberdade Econômica me faz lembrar do ex-Ministro Helio Beltrão à época do Ministério da Desburocratização.  

Eu estou atento ao avanço das fintechs e a diminuição da estrutura dos bancos em âmbito internacional.  

Bom dia leitor do blog!

FOTO ABAIXO:  Meus tempos de estudo em Lisboa, 1968-69.  A foto abaixo é das floristas na Praça do Rossio, a praça central da capital do país.   No centro, à esquerda, logo atrás da fonte de água, está o elevador de Santa Justa que liga a Baixa ao Chiado.    

 

BRASÍLIA, distante de todos, post 19, 07.10.2019, a entrevista do Presidente Jair Bolsonaro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *