Docente aposentado (1997) da UFRGS, 76 anos, professor de Cenários Econômicos.

Porto Alegre, 24.10.2020, 06:10, 19 graus C, 62% de umidade

Post 01.15.03

01.Internacional,15 Uruguai, 03 número de ordem do post

 

Há muitos anos venho escrevendo sobre o Uruguai no meu blog.   Na fase imediatamente anterior à pandemia, eu utilizava o título URUGUAI, estabilidade sempre.   Essa denominação decorria do fato que, em paralelo, eu escrevia outro título ARGENTINA, instabilidade sempre.  Então se o leitor buscar matérias anteriores sobre los orientales é possível acessar o acervo com esse título.

Com a pandemia e eu tendo de ficar confinado, julguei oportuno criar os micro cursos no blog.     Nesse contexto estou hoje redigindo o terceiro post dessa série.   Faço-o sobre a confiança vigente no Uruguai.    Para tanto eu acessei ao site do Instituto de Competitividade da Universidade Católica, localizado em Montevidéu. 

Nessa sexta-feira, a Instituição publicou a versão de setembro do Índice de Confiança do Consumidor (ICC) Uruguaio.  O leitor poderá acessar esse documento no endereço eletrônico  https://ucu.edu.uy/es/icc

O ICC Global de setembro foi elaborado a partir de pesquisas levadas a cabo entre os dias 29.09.2020 e 02.10.2020.   Ele cresceu 1,0% e alcançou o patamar de 47,5 pontos.  Foram sete meses consecutivos de crescimento até aqui. 

Lembrando que nos cálculos desses índices, valores acima de 50 pontos representam expansão; abaixo, contração.   Ou seja, os consumidores uruguaios vem melhorando a confiança, mas ela ainda se encontra em níveis de contração.

É importante dizer ao leitor que a economia uruguaia estava praticamente estagnada quando a pandemia chegou ao país.  O PIB do Uruguai cresceu 0,2% em 2019 e o World Economic Outlook (WEO), o Panorama Econômico Mundial do FMI, estima que a economia recue -4,5% em 2020.   Esse é o tamanho da recessão naquele país.

Então, o ICC Global de setembro, no patamar de 47,5 pontos, coincide com uma recessão em curso que deve fechar o ano com o PIB recuando -4,5%.   Para 2021, o FMI prevê que a economia volte  a crescer e que o Produto registrará incremento de 4,3%.  Essa perspectiva de retomada no próximo ano deve explicar porque a confiança cresce há sete meses consecutivos.

Na elaboração do ICC Global há diversos subíndices calculados pelo Instituto de Competitividade da Universidade Católica.    Em setembro, o subíndice da Situação Econômica Pessoal foi o único que recuou no mês.   Depois de haver crescido 2,2 pontos em agosto, ele recuou -0,4 pontos em setembro.   Essas comparações são realizadas sempre com base no mês imediatamente anterior.

Já o subíndice da Situação Econômica do País avançou 1,5% em setembro, revertendo a queda consecutiva de dois meses.   Por fim, o subíndice de Predisposição à Compra de Bens Duráveis vem crescendo a três meses.  Foram incrementos de 2,3 pontos em julho, 4,2 pontos em agosto e, agora, 1,8 pontos em setembro. 

Em suma, à medida que o ano chega ao fim, a confiança em comprar e a confiança no país estão um tanto acima daquela que representa o clima em torno do própria situação pessoal do consumidor uruguaio.

… 

No texto da publicação há um gráfico que evidencia o comportamento do ICC Global desde setembro de 2008 até setembro de 2020.   O que eu percebi nesse gráfico?

Eu verifiquei que de setembro de 2008 até o fim de 2014, o ICC Global esteve sempre acima de 50 pontos, representando expansão.   Desde então, o Índice caiu abaixo de 50 pontos, sinalizando contração e, agora, em setembro, após sete meses de crescimento, alcançou os 47,5 pontos.

Antes de encerrar eu lembro ao leitor que em 29 de julho eu escrevi um post sobre a economia e o ambiente político no Uruguai.   O texto foi publicado no endereço eletrônico abaixo:

http://antoniocarlosfraquelli.com/2020/07/29/micro-cursos-internacional-post-20-07-2020-se-eu-ainda-estivesse-em-sala-de-aula/

Posteriormente, em 19 de agosto eu voltei a escrever sobre o Uruguai, dessa vez sobre as eleições municipais e a Lei de Consideração Urgente (LUC).   O texto pode ser acessado no endereço

http://antoniocarlosfraquelli.com/2020/07/29/micro-cursos-internacional-post-20-07-2020-se-eu-ainda-estivesse-em-sala-de-aula/

Um bom sábados a todos os leitores!

O ÍNDICE DE CONFIANÇA DO CONSUMIDOR GLOBAL DO URUGUAI CRESCE PELO SÉTIMO MÊS CONSECUTIVO EM SETEMBRO

Deixe uma resposta