Porto Alegre, 19.09.2021, 18:10  

Post 01.11.25 

01 INTERNACIONAL, 09 Conjuntura econômica,  86 Número de ordem

CANTINHO DA PANDEMIA:  Na comunidade autônoma de Estremadura, na Espanha, há informações que as autoridades pretendem debater a possibilidade de adotar a máscara em todos as estações de inverno à frente.

 

CONJUNTURA CHINESA: Em meio à recuperação da economia chinesa surgiu o episódio relacionado às limitações enfrentadas pela Evergrande, a incorporadora imobiliária,  no contexto nacional.

No dia 14 do corrente, após a agência Fitch destacar a possibilidade de um problema com a Evergrande, no dia 15,  a agência S&P reduziu a classificação da Evergrande para CCC com base nas dificuldades de liquidez enfrentada pela empresa.

O receio que se formou no contexto internacional é que a crise habitacional chinesa lembra a crise habitacional norte-americana –  a crise das subprimes – que levou a economia internacional a Grande Recessão Mundial de 2009. 

Isso posto, nos últimos dias o mundo ficou em stanby perante a incerteza originada na China.  É possível que o governo de Beijin sinalize que dará algum respaldo ao passivo  de 300 bilhões de euros da Evergrande?

O que há de concreto até o momento é que o Ministério da Habitação informou que a incorporadora não pagará os juros aos bancos credores amanhã, segunda-feira, dia 20 de setembro. 

Isso aconteceu porque houve a suspensão de alguns projetos habitacionais da Evergrande e a situação de caixa se agravou na empresa. 

Nesse contexto, sobrou à incorporadora buscar recursos para honrar os compromissos com juros dos empréstimos.   E havia expectativa que ela cumprisse, nesse fim de semana, os compromissos com investidores recorrendo a pagamentos com descontos.  Na verdade, isso não aconteceu. 

As ações da Evergrande recuaram 80% em um ano.   Com as quedas consecutivas recentes das ações, algo em torno de 10% nos últimos dias, a indagação que o mundo se faz é se haverá uma reestruturação da dívida imobiliária da empresa?

E qual o impacto desse fato na retomada econômica da China?    Ora, a redução dos projetos da Evergrande fez com que a empresa tomasse 88 bilhões de dólares de intermediários financeiros com vencimentos de 40 bilhões de dólares no primeiro semestre do próximo ano.   

Enfim, nesse momento de tamanha instabilidade o governo procura mostrar que a situação está sob controle.  Os bancos – Agricultural, Industrial & Commercial e Minsheng – estão entre o risco do default da incorporadora e o possível suporte das autoridades para normalizar as expectativas dos agentes econômicos.

Os analistas estão adiando o monitoramento da situação até depois dos dias de feriado. Isso acontecerá no próximo dia 22 quando o Banco Popular, que vem injetando liquidez na economia,  retomar as operações de mercado aberto.

Boa noite, leitor do blog!.

FOTO ABAIXO:  O ANTIGO ABRIGO DOS BONDES

Segundo as informações históricas o Abrigo dos Bondes foi realizado em duas etapas, 1930 e prolongado em 1935. 

A primeira linha de bondes puxados a mulas na capital foi construída em 1864.   A primeira companhia de bondes elétricos surgiu em 1906 e começou a funcionar em 1908.

 

Quando eu vim a Porto Alegre pela primeira vez, em 1959, eu me tornei passageiro daquele meio de transporte.  Em 1970, houve despedida dos bondes por parte da população local tendo em vista que a última viagem do veículo ocorreu em 08 de março.

EVERGRANDE, REESTRUTURAÇÃO DA DÍVIDA OU INTERVENÇÃO DAS AUTORIDADES?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *